• Die italienische, portugiesische, brasilianische & spanische Buchhandlung in Berlin
  • Die italienische, portugiesische, brasilianische & spanische Buchhandlung in Berlin
Maracatu Estrela de Ouro de Aliança: a saga de uma tradição

Maracatu Estrela de Ouro de Aliança: a saga de uma tradição

16,95 €

inkl. MwSt., zzgl. Versand
1 auf Lager | sofort lieferbar

Beschreibung

Um dos mais importantes maracatus de Pernambuco tem história escrita pelo professor Severino Vicente.

Transmitida oralmente entre gerações ao longo dos anos, a história de um dos mais importantes maracatus de baque solto chega ao século 21 por meio do livro Maracatu Estrela de Ouro de Aliança: a saga de uma tradição. Escrita pelo professor e PhD em História do Brasil, Severino Vicente, a obra será lançada no próximo sábado (10.05), no Ponto de Cultura Estrela de Ouro, situado no sítio Chã de Camará, município de Aliança (a 75 km do Recife). A programação é festiva, e inclui apresentações do Maracatu Estrela de Ouro, Cavalo Marinho de Mestre Batista e Coco Popular de Aliança. Editado pela Associação Reviva, este é o primeiro volume de uma série intitulada Trilogia da Zona da Mata, idealizada pelo produtor cultural Afonso Oliveira para atualizar as compreensões sobre as produções culturais dessa região famosa pela cultura da cana de açúcar e pelos engenhos nos tempos coloniais. Os próximos lançamentos da coleção vão abordar os Caboclinhos de Goiana e a diversidade cultural criada pela cultura da cana-de-açúcar. A edição de Maracatu Estrela de Ouro de Aliança: a saga de uma tradição foi viabilizada com recursos do Fundo de Apoio à Cultura – Funcultura / Fundarpe / Governo do Estado de Pernambuco. O livro Maracatu Estrela de Ouro de Aliança: a saga de uma tradição registra a história do maracatu Estrela de Ouro, da sua origem até o reconhecimento da sua sede, Chã de Camará como Ponto de Cultura pelo Ministério da Cultura. Na pesquisa, Severino Vicente se preocupou em revelar quem são os personagens que organizaram e renovaram essa manifestação da cultura popular, mantendo-a viva. Um capítulo conta a vida do fundador, Mestre Batista (falecido em 1991). Em seguida, a obra mostra quem são os mestres de caboclo e de maracatu, rabequeiros, rainhas e reis, de sua fundação até hoje. Além de consultar documentos oficiais e matérias de jornais editados em Pernambuco ao longo do século 20, Severino Vicente entrevistou os principais integrantes do Estrela de Ouro e mestres de outros brinquedos – Mestre Zé Duda, José Lourenço (filho de Mestre Batista), Mestre Mariano, Luiz Caboclo, Biu do Coco, Maria José da Silva, Ivo, Mane do Boi, entre outros. A pesquisa foi patrocinada em 2004, pelo Programa Petrobras Cultural, através do projeto Toques e Trocas. "Sentar-se ao lado de mestres da cultura, ouvir os relatos dos brincantes, verificar o esforço para chamar antigas experiências é de um prazer enorme. Isso foi o que senti ao ouvir, escrever e ler esse livro para os cablocos de Chã de Camará. Eles ouviram esse livro em uma manhã de sábado, foram os críticos do que organizei dos seus relatos. Agradeço a cada um deles a paciência para atender minha curiosidade que, em muitos casos, passou a ser a sua curiosidade" – Severino Vicente. "O autor mantém os rigores da narrativa histórica sem se escusar de uma opinião e de um partido que revela um ensaio muito além do mero relato: há um sabor de crônica pelo envolvimento e pelo fluente sabor da leitura límpida. Alinham-se os fatos sem abandonar os fatores e exercitam-se no texto convites à reflexão" – do prefácio de TT Catalão.